Acauã da Serra faz ensaio temático em comemoração aos 36 anos do Grupo e ao Dia Internacional da Dança

Acauã da Serra faz ensaio temático em comemoração aos 36 anos do Grupo e ao Dia Internacional da Dança
29 de abril de 2022

Neste sábado (30), às 15h, o Grupo de Tradições Populares Acauã da Serra, que pertence à Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), fará um ensaio temático aberto, no Centro Artístico Cultural (CAC) da Instituição, em Campina Grande. O objetivo é comemorar os 36 anos do Grupo, bem como o Dia Internacional da Dança.
O ensaio mostrará, em primeira mão, parte do espetáculo que está sendo preparado para cumprir a agenda de apresentações que o Grupo tem, compreendendo os meses de maio a julho. “Elas ocorrerão tanto em Campina, como em outras localidades da Paraíba”, explicou o diretor do Acauã, professor Agnaldo Barbosa. O docente acrescentou que o evento será muito festivo para o Grupo também porque marca o retorno das atividades presenciais, trazendo, além disso, uma nova sede para o Acauã, no CAC.
O Acauã da Serra começou suas atividades em 1986, ensaiando numa escola de Bodocongó. Depois foi incorporado a uma sociedade de amigos do bairro, vindo, em seguida, para a UEPB. Na mesma época, vários grupos surgiram na Rainha da Borborema, mas não conseguiram continuar suas ações, notadamente em razão das dificuldades financeiras.
Na atualidade, o Acauã é ligado à Pró-Reitoria de Cultura (PROCULT), dispõe de mais de 40 integrantes e participa efetivamente da vida acadêmica da Universidade, fornecendo inúmeras apresentações. Conta, ainda, com amplo reconhecimento na Paraíba, tendo sido contemplado em 2003, por exemplo, com a Medalha Augusto dos Anjos – uma comenda concedida pela Assembleia Legislativa para os maiores destaques no segmento Cultural do Estado.
Uma das características mais marcantes do Acauã é que ele não usa playback: mesmo nos ensaios, a música é sempre ao vivo. Outra peculiaridade do Grupo é que os próprios componentes confeccionam a infinidade de adornos usados nos espetáculos.
 
Texto: Oziella Inocêncio