Alunos de Jornalismo são selecionados para participar de projeto de Comunicação em Saúde na UnB

Alunos de Jornalismo são selecionados para participar de projeto de Comunicação em Saúde na UnB
26 de julho de 2021

Dois alunos do curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foram selecionados para integrarem a equipe do projeto nacional de pesquisa e extensão “Arbovírus Dengue, Zika e Chikungunya: gestão da informação, educação e comunicação”. A coordenação-geral do projeto está sediada na Universidade Nacional de Brasília (UnB) e contará com uma equipe formada por professores e estudante de pós-graduação e graduação de todos os estados e do Distrito Federal.
O projeto é uma iniciativa do Laboratório de Educação, Informação e Comunicação em Saúde (LabECoS), vinculado ao Núcleo de Estudos em Saúde Pública da Universidade Nacional de Brasília (NESP/UnB). O financiamento é da Fundação de empreendimentos Científicos e Tecnológicos (FINATEC), responsável pelas bolsas. O valor é de R$ 770 para alunos de graduação, pelo período de 10 meses.
Os estudantes do Departamento de Comunicação aprovados na seleção foram: Daniella Renally Bezerra Regis e Deivide Eduardo de Souza Gomes. Além deles, outros sete alunos foram classificados para o cadastrado de reserva. O resultado completo, com todos os nomes e a lista de aprovados em todos os estados está disponível AQUI.
O PROJETO
O projeto forma a Rede Arbocontrol Brasil, com foco na gestão da informação e saúde e tradução do conhecimento. A rede é composta pela representação nacional de Instituições de Ensino Superior (IES) das cinco regiões brasileiras.
A Coordenação-regional do Nordeste está sob a responsabilidade da professora Patrícia Monteiro, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Já a coordenação estadual da Paraíba é do professor Rostand Melo, da UEPB. Em âmbito nacional, o projeto é coordenado pelas professoras Ana Valéria Machado Mendonça (gestora do componente 3 – Educação, Informação e Comunicação para o Controle do Vetor) e Maria Fátima de Sousa (coordenadora geral), ambas no NESP/UnB.
O objetivo do projeto é desenvolver e implementar estratégias de comunicação para estimular o engajamento da sociedade no combate aos vetores das arbovirores, dentre eles o mosquito Aedes aegypti, vetor responsável pela transmissão da dengue, Zika vírus e febre Chikungunya.
Para permitir que o conhecimento científico chegue à população, serão realizadas oficinas em comunidades a partir do estabelecimento de parcerias com órgãos públicos e entidades da sociedade civil. As oficinas serão formatadas de modo a promover a educação midiática, respeitando os princípios da qualidade da informação em saúde e reconhecer os saberes loco regionais de cada área atendida.
Texto: Rostand Melo (Professor/DECOM)