Coordenação do Comunicurtas UEPB realiza encontro com estudantes voluntários da 17ª edição do Festival

Coordenação do Comunicurtas UEPB realiza encontro com estudantes voluntários da 17ª edição do Festival
7 de novembro de 2022

A 17º edição do Festival Audiovisual de Campina Grande – Comunicurtas UEPB só acontece em dezembro. Mas, para os estudantes que atuarão como voluntários, a atmosfera do evento já está no ar. Na manhã desta segunda-feira (7) eles participaram da primeira reunião com a Coordenação do Festival. O encontro, coordenado pelo jornalista Hipólito Lucena, coordenador de Comunicação da UEPB, foi realizado no Auditório da Biblioteca Central, Câmpus I.

Na oportunidade, foram repassadas informações gerais e adinâmica do Festival, bem como os detalhes da logística de trabalho a ser realizada durante o evento. Hipólito destacou a importância do trabalho a ser desempenhado pelos voluntários para garantir o sucesso do evento. À frente do Comunicurtas há 8 anos, Hipólito Lucena fez um relato da história do Festival, e mostrou a importância do evento que reúne produções de cineastas de todo o Brasil.

Ele destacou que historicamente o Comunicurtas UEPB sempre traz alguns nomes do cinema nacional, mas a principal característica do evento é dar oportunidade a pessoas novas que estão iniciando a carreira no audiovisual. O olhar para esses novos talentos têm surtido efeito e vários cineastas construíram carreira no cenário nacional, depois de ter seu trabalho exibido no festival. Hipólito também falou do circuito de festivais de cinema do Brasil onde o Comunicurtas se encontra inserido e porque o evento da UEPB é tão concorrido, o que exige muito trabalho dos voluntários.

O ponto alto da reunião foi a apresentação da logística da 17º edição do Festival e as funções que os voluntários atuarão durante a realização do evento. Em sua apresentação Hipólito lembrou que o Comunicurtas UEPB sempre teve uma característica pedagógica, uma vez que nasceu em sala de aula por intermédio de iniciativa de alunos. Começou modesto, em 2005, e depois cresceu se tornando uma vitrine para os amantes da sétima arte. “Ele é um Festival consolidado que atrai pessoas de todo o Brasil”, destacou.

No primeiro contato com os voluntários ele falou das mostras competitivas e as mais concorridas. Este ano, a organização recebeu mais de 1.400 filmes e selecionou pouco mais de 70 para serem exibidos. “Nós temos estudantes de diversos cursos da UEPB e de outras instituições. São pessoas ajudando no Festival e aprendendo a fazer, desde a organização geral, a produção do evento, bem como toda a cobertura jornalística”, observou.

O coordenador também ressaltou o aspecto itinerante do Comunicurtas UEPB, que nos últimos anos incentivou a realização de outros eventos do gênero em várias cidades paraibanas, a exemplo de Remígio. Os estudantes que não puderam participar da reunião terão uma outra oportunidade de conhecer detalhes da dinâmica do evento, através de um próximo encontro on-line. Haverá ainda uma oficina de produção jornalística com os voluntários.

Este ano mais de 150 estudantes se inscreveram como voluntários do Festival. Os selecionados vão atuar nas áreas de cerimonial, oficinas, mesa redonda, debate, técnica, júri, logística, que organiza o fluxo de informações, além da de comunicação, que é responsável por várias demandas como criar identidade visual gráfico ou animado, vinhetas, cobertura fotográfica/vídeo, assessoria de imprensa, transmissão on-line, rede social, entre outras funções.

Jonathan Almeida é estudante do 2º período Jornalismo, e disse que teve a curiosidade de atuar no Festival devido às informações que obteve do evento. Ele acredita que o Comunicurtas UEPB será uma grande experiência e vai contribuir para o enriquecimento de sua formação profissional. Os voluntários receberão um certificado com carga horária e descrição do trabalho realizado. “O Festival será uma oportunidade para ganhar experiência. Acredito que ele vai contribuir muito para a minha formação. Vai agregar muito na minha vida pessoal e profissional”, disse.

Litália Barros está no 8º período também do curso de Jornalismo, pela primeira vez vai atuar como voluntária do Comunicurtas UEPB, mas já vive a expectativa para o evento. “A expectativa é que eu consiga realizar bem a função a qual eu seja destinada. Vai ser uma oportunidade enriquecedora para minha formação”, disse.

Com a temática “Celebrando o Cinema Paraibano” o 17ª Festival Audiovisual de Campina Grande – Comunicurtas UEPB será realizado de 5 a 8 de dezembro. O Festival que pretende valorizar a memória dos realizadores do passado e da atualidade, será realizado no Teatro Municipal Severino Cabral, no Cine São José e projeções e debates no Museu de Arte Popular da Paraíba. (MAPP). Também haverá atividades na Central de Integração Acadêmica Paulo Freire no Câmpus I.

Promovido pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), por meio da Coordenadoria de Comunicação (CODECOM), Departamento de Comunicação (DECOM) e Pró-Reitoria de Cultura (PROCULT), o Comunicurtas UEPB consiste na difusão e exibição de filmes e vídeos de curta e longas-metragens locais, regionais, nacionais e internacionais, das áreas de Cinema, Jornalismo e Publicidade. Vitrine para os amantes da sétima arte, a edição de 2022 vai exibir filmes e vídeos de curtas e longas-metragens, regionais, nacionais e internacionais, das áreas de Cinema, Jornalismo e Publicidade. Além das exibições, o festival vai promover palestras, debates e oficinas.

Texto e fotos: Severino Lopes