Jornalismo tem cinco trabalhos finalistas em prêmio de Pesquisa Experimental em Comunicação

Jornalismo tem cinco trabalhos finalistas em prêmio de Pesquisa Experimental em Comunicação
7 de julho de 2021

A Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (EXPOCOM) divulgou a lista com os trabalhos finalistas para a edição 2021, e cinco trabalhos de estudantes do curso de Jornalismo da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) estão entre os classificados. A EXPOCOM, além de uma exposição, é um prêmio destinado aos melhores trabalhos experimentais produzidos exclusivamente por estudantes no campo da Comunicação.
A EXPOCOM faz parte da programação do Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM), um dos mais conhecidos da área. O processo ocorre em etapas: local (em cada instituição), regional (Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-oeste) e a nacional. Os vencedores na fase regional vão pra fase final na etapa nacional. O resultado do EXPOCOM Nordeste será divulgado no dia 5 de agosto, dentro da programação do Encontro Inter-Regiões Intercom. No Congresso Nacional da INTERCOM, a ser realizado em outubro, divulgam-se os vencedores finais da EXPOCOM Nacional.
Para a escolha local dos trabalhos, o Departamento de Comunicação (DECOM) da UEPB constituiu uma seleção interna, formada pelos seguintes docentes: Adriana Alves, Agda Aquino, Cássia Lobão, Marina Magalhães, Moisés de Araújo e Rostand Melo. A comissão selecionou nove trabalhos a serem enviados à competição, que, por sua vez, escolhe cinco produções.
A Comissão Interna de Seleção do Decom/UEPB para o EXPOCOM 2021 informa que todos os alunos-líderes classificados devem submeter o link do vídeo de apresentação do seu trabalho. As regras estão disponíveis no portal da INTERCOM, na aba EXPOCOM.
Talentos premiados
Em 2020, Carol Diógenes e Gabriel Heitor Alves, estudantes do curso de Jornalismo da UEPB, receberam o “Prêmio EXPOCOM de Reportagem em Telejornalismo” pela produção “Aquela que serve”. O professor do Decom/UEPB, Rostand Melo, informa que, pelo menos desde 2015, o curso vem mantendo uma tradição de participar do Expocom e obter o reconhecimento com premiações nas etapas Nordeste e Nacional. Ele acredita que as reformulações feitas no Projeto Pedagógico do Curso nesse período ampliaram as possibilidades para a produção de atividades práticas entre os alunos de jornalismo, estimulando o desejo em expor os trabalhos em eventos, além da ampliação dos projetos de extensão e o maior engajamento dos estudantes nesse tipo de atividade.
“Ficamos felizes pelo reconhecimento das produções desenvolvidas pelos alunos do Decom/UEPB, principalmente no contexto atual da pandemia. As produções finalistas foram desenvolvidas em 2020, no contexto de atividades remotas. Apenas das adversidades, nossos estudantes conseguiram demonstrar talento e dedicação”, comentou o professor Rostand.
Confira os selecionados:
Estudante: Gabriel Heitor de Morais Alves; título: “São João: digitais do povo nordestino (vinheta)”, orientador: Kleyton Canuto; categoria: Cinema e Audiovisual, Vinheta (avulso).
Estudante: Sarah Cristinne Firmino; título: Revista Tocaia; orientador: Kleyton Canuto; categoria: Transdisciplinar, Revista customizada (avulso).
Estudante: Max Marcel; título: Um muro, dois Mundos; orientadora: Adriana Alves; categoria: Transdisciplinar, Produção multimídia (avulso).
Estudante: Bruna Raquel Couto Carneiro; título: Acidentados Versus Infectados: A pandemia da Covid-19 no Hospital de Trauma de Campina Grande; orientadora: Adriana Alves; categoria: Produção Laboratorial em Jornalismo Digital (avulso/ conjunto ou série).
Estudante: Deivide Eduardo de Souza Gomes; título: Sementes de Poilão; orientadora: Ada Guedes; categoria: Produção em Jornalismo de Opinião (avulso).
Texto: Juliana Rosas